Home » Notícias

Por que a Inglaterra não tem um Paraty em Foco?

[ | 26 jul 2009 | One Comment | 704 visitas ]

Por que a Inglaterra não tem um festival de fotografia como o Paraty em Foco? Sean O’Hagan parece responder a essa questão no The Guardian de 13 de julho, ao analisar o Festival de Arles desse ano, na França.

Em setembro, acaba Arles (clique no poster) e começa o Paraty em Foco.

Em setembro, acaba Arles (clique no poster) e começa o Paraty em Foco.

É difícil, diz ele, imaginar um evento dessa escala – e um que atribua tal importância à fotografia – acontecendo na Inglaterra. “Bati um papo de fim de noite com Martin Parr sobre como a fotografia não é levada a sério como forma de arte aqui (no Reino Unido) e quantos dos nossos melhores fotógrafos são mais respeitados no exterior.” Segundo ele, talvez por causa do habitual esnobismo em relação a uma forma popular, ou a idéia de que a fotografia “séria” deve ser velha, branco e preto e reverente em relação ao tema.

Os franceses são mais atrevidos. O curador convidado dos Encontros de Arles de 2009 foi nada menos do que NAN GOLDIN. O público brigou para conseguir um lugar até no chão do lindo anfiteatro romano, para assistir à projeção, sob o luar de sábado à noite, da vigorosa The Ballad of Sexual Dependency, com mais de 700 imagens que vão de 1980 a 2008.

41SG9K1D01L._SS500_

Susan Meiselas ganhou um dos prêmios por seu livro In History, sobre o impacto da guerra nas pessoas e nos lugares. A coleção particular de Nan Goldin estará exposta até setembro, e vai de EJ Bellocq a Andy Warhol.

Nas conclusões do jornalista, os Encontros de Arles foram lotados, surpreendentes e frustrantes como sempre. Os discursos foram muito longos, os franceses parecem não ligar.

Sean O’Hagan conta que em quatro dias visitou cerca de 70 exposições, viu uma infinidade de imagens, estava com os pés doendo, de mau humor, e já não sabia mais o que era bom ou ruim. Hora de bater em retirada. E vejam que Arles nem tem balada, só cafés, restaurantes e muito papo. Para sua análise visual, clique aqui.

Mesmo assim, diz ele, o Festival é o lugar para se ir em julho para ver fotografia em todas as suas formas e ter uma idéia da luta para manter a busca de sentido num mundo saturado de imagens.

Quem sabe vamos sugerir que Mr. O’Hagan venha conhecer o Paraty em Foco 2009.  Vai ser difícil ele encontrar uma paisagem mais bonita, um lugar tão acolhedor e um povo da fotografia mais animado. Talvez ele nem volte para a Inglaterra.

Veja mais posts de

Não gostei!Gostei! (Saldo de votos: +1, Total de votos: 1.)
Loading ... Loading ...




One Comment »

  • Clicio said:

    Edu,

    Vamos convidá-lo?
    Aqui os discursos são mais curtos, os franceses menos mal humorados, a paisagem mais bucólica e tem gente mais divertida.
    Além de fotografia de primeira grandeza, cela va sans dire… :-)

Leave your response!

Add your comment below, or trackback from your own site. You can also subscribe to these comments via RSS.

Be nice. Keep it clean. Stay on topic. No spam.

You can use these tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

This is a Gravatar-enabled weblog. To get your own globally-recognized-avatar, please register at Gravatar.