Home » Portfolio

Uma foto leva outra, e sim, pelo fotojornalismo! Por Eder Chiodetto

[ | 25 ago 2009 | 4 Comments | 2.212 visitas ]
© Daniel Marenco

© Daniel Marenco

Um comentário especial para nosso Blog e para Daniel Marenco, novamente destacado, no mundo desse nosso Grupo do Paraty.

© Daniel Marenco

© Daniel Marenco

Eis o que disse Eder Chiodetto, que estará conosco em Paraty, sobre o trabalho de Daniel:

“Tenho comentado tanto a crise do fotojornalismo em palestras, no meu mestrado, nas críticas do jornal e nos blogs dos amigos que por vezes as pessoas se confundem e começam a dizer ou pensar que agora eu não gosto mais de fotojornalismo, que virei curador e só me interesso por artistas, essas denominações sempre redutoras que não ajudam em nada! Tudo besteira. Como disse uma vez o mais que adorável e sempre preciso Thomas Farkas: “a foto é boa? consegue me emocionar? me leva a refletir? então eu gosto! Tanto faz se é de artista, do taxista, se tava na Bienal ou na carteira do padeiro”. Viva o Thomas!!!

Essa série sobre a seca no RS mostra um fotógrafo exercendo com saber e prazer o seu ofício. E olha que ele é fotojornalista, hein? (rs) Marenco mostra total domínio da luz e da composição, o que de cara já confere ao trabalho um status muito diferenciado. Percebam que o ensaio mantém uma temperatura aquecida por causa da invejável luz dos Pampas, e como isso conceitualmente se torna uma ferramenta poderosa para falar do tema central: a seca. Domínio de luz e de composição, com fôlego para tocar um ensaio e fazer disso uma narrativa coesa, é algo que amadores não possuem. Fotógrafos só se revelam de fato num ensaio, nunca em fotos únicas. Marenco trabalha muito bem a noção de aproximação e distanciamento dos personagens e dos cenários, mesclando assim intimidade e contemplação na medida certa. Variar as grandes tomadas em angular, que tende ao épico, com o detalhe em macro, que ajuda a humanizar, confere um bom ritmo ao ensaio e o distancia de uma visão que poderia resvalar facilmente para algo mais sensaciolanista ou espetacularizado. Muitas das fotos parecem ter um tratamento de pós-produção. O que alguns mais vigilantes diriam que o leva a ter uma estética um tanto quanto publicitária. Outra besteira! Ferramenta é para ser usada. Linguagem é para ter autoria. E o bom senso, e não preconceitos tolos, devem nortear a incansável e obsessiva busca da escrita autoral. Reportar é dizer o que você viu. Mas também o que você ouviu, sentiu, cheirou, conversou… e para que a imagem fique imantada desses outros sentidos, tudo vale a pena. Verdade é para quem tem uma para mostrar! Marenco foi a campo e mandou ver. Falta ainda trabalhar a edição. Enxugar, cortar a gordura, chegar na síntese. Falar menos e expressar mais. Sempre!

abraços,

Eder Chiodetto.”

© Daniel Marenco

© Daniel Marenco


© Daniel Marenco

© Daniel Marenco

Veja mais posts de

Não gostei!Gostei! (Nenhum voto registrado.)
Loading ... Loading ...




4 Comments »

  • Daniel Marenco said:

    Uau, muito legal me ver citado por aqui.
    Fiquei faceiro que nem guri com o elogio do Eder e da Cia.
    Muito obrigado.
    Abraços!
    Daniel Marenco.

  • Daniel Marenco said:

    Volto aqui para mais uma vez comentar e quem sabe, desta forma, mostrar minha gratidão por ter o trabalho citado. Só que agora, falo um pouquinho sobre ele.
    Cobrir um assunto como a estiagem que atingiu o RS tem suas vantagens e desvantagens. A parte boa é que o assunto por si só rende muito. E aqui, confesso, foi ótimo ler uma avaliação mais profissional sobre o que produzi. Na hora de fazer, muito destas coisas não passam pela cabeça. Outra vantagem é a possibilidade de fotografar o tema por vários dias. Com personagens diferentes, mas sempre sobre a seca, seus problemas e como as pessoas lidavam com isso. A parte ruim está também ligada ao fato de o tema se repetir por algum tempo. A avaliação do jornal é que o tema, mesmo existindo no decorrer dos dias, vai perdendo força e aí, o que produzo sobre ele, perde junto. Nessa hora não é legal não ver as fotos publicadas e receber essa justficativa. Mas, me parece a regra do jogo, infelizmente. Para superar um pouco a frustação, uso o blog, uso o flickr.
    E, ainda – ando meio preguiçoso – farei um multimídia com o material que tenho em vídeo e áudio. Este sim, acho que foi quem sofreu mais na edição do dia.

  • Jean Schwarz said:

    Que bacana Cia e Éder. Da-lhe Marenco, manda muito mesmo . Parabens!!! Grande abraço.

  • Paraty em Foco 2009 » Blog Archive » Grupo de fotógrafos do Paraty em Foco said:

    [...] Quintas, (+) doutora em fotografia, responsável pelo Bacharelado em Fotografia da AESO, em Recife; Eder Chiodetto, curador e crítico de fotografia; Clicio Barroso, fotógrafo e professor; Eduardo Queiroga, [...]

Leave your response!

Add your comment below, or trackback from your own site. You can also subscribe to these comments via RSS.

Be nice. Keep it clean. Stay on topic. No spam.

You can use these tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

This is a Gravatar-enabled weblog. To get your own globally-recognized-avatar, please register at Gravatar.