Home » Entrevistas, O Festival

A fotografia que vem do estômago {por Laura Artigas}

[ | 27 set 2011 | No Comment | 1.238 visitas ]

Emoção, visceral, arte, subjetividade são algumas das palavras que fazem parte da cartilha do coletivo peruano Versus Photo. O trio radicado em Lima, foi formado em 2009 e veio ao 7º Paraty em Foco representado pelo casal Renzo Giraldo, 35 anos, Gihan Tubbeh, 27 anos. Os dois falaram ao público na tarde da sexta-feira, e durante o final de semana ministraram o workshop Paraty do Avesso – Uma Jornada à margem do circuito turístico. O terceiro elemento, Musuk Nolte, está na China, representando o grupo em outro evento para o qual foram convidados. Simpáticos e muito animados com o reconhecimento do trabalho, Renzo e Gihan falaram ao blog do Paraty em Foco.

Renzo Giraldo e Gihan Tubbeh :: Foto de Jhonattas Quintão©

Paraty em Foco_ Em sua palestra comentaram que o modo que tiram fotografia é como se ela saísse do estômago.

Renzo_ Costumeiramente a fotografia é feita de uma maneira muito lógica. O que queremos fazer é algo mais visceral. O estômago e o coração estão ligados. Muitas vezes sentimos emoções pelo estômago. É quase como se fosse um vômito (risos). Algo que te afeta, tão forte que tem que sair.

Paraty em Foco_ Vocês definem a fotografia do Versus como um documental artístico?
Renzo_ A natureza da fotografia é muito subjetiva, não é uma totalidade. Gostaríamos de romper com a necessidade da objetividade das coisas. Não buscamos mostrar algo concreto. Nosso objetivo não é buscar a composição perfeita. Queremos que seja mais artístico nesse sentido. Trabalhamos com o erro também. Muitas fotos que usamos na edição final são as que saíram tremidas. Porém, o documental se liga ao fato que não fazemos fotos em estúdio somente fora. Nesse sentido estamos registrando o que existe. A arte não tem limite, o fotojornalismo sim. Ele precisa contar o que está passando.

Érika Garrida©

Paraty em Foco_ Vocês também trabalham como fotojornalistas, e como muitos fotógrafos, desenvolvem projetos paralelos. A visão dos editores a respeito dos fotógrafos têm mudado?

Gihan_ A visão do fotógrafo está interessando aos editores. Há uma demanda. Antes era “fazer o que eu te digo”, e você tinha que agradá-lo.
Renzo_ Eu concordo com ela. Tenho notado isso no Peru. Antes o fotógrafo era o acessório do repórter. Mas isso está mudando muito. Hoje temos o poder de propor.

Jhonattas Quintão©

Paraty em Foco_ Qual é o método de trabalho do coletivo?

Renzo_ Vamos sempre os três para o mesmo lugar. Podemos nos separar.
Gihan_Nós não competimos. Não temos conflito. E em três fica mais fácil ir aos lugares. Como temos nossos trabalho independentes, não é sempre que podemos viajar. Depois cada um edita sua foto, porque cada um sabe o que pretende com a sua imagem.
Renzo_ Como não temos um escritório nos reunimos cada hora na casa de um dos integrantes, abrimos uma cerveja…
Gihan_ Aí começamos “delete, delete, delete…”

Paraty em Foco_ Vocês estão ministrando um workshop aqui no Paraty em Foco…

Gihan_ Nosso objetivo é a Paraty não turística, o mais importante é a intenção, a introspecção, a visão.
Renzo_ É sobre o que falávamos sobre o estômago. Vamos tratar de fazer fotografia sentindo, e não pensado de maneira lógica.
Gihan_ Queremos tirar sentimentos de dentro dos participantes, e dizer-lhes: “você tem o poder, você pode usar seus sentimentos em virtude da fotografia”.
Renzo_ Indicar um caminho para essa busca. Cada um trouxe suas fotos analisamos e indicamos o que eles deviam explorar mais.
Gihan_ Conversamos com cada um e fizemos uma lista de sensações, por exemplo: textura, místico, documental, visceral, poético, coração.
Renzo_ Desta lista de palavras, “frágil”. Foi o tema escolhido. Cada um vai entregar 50 fotos. Editamos ao som de música.

Jhonattas Quintão©

Paraty em Foco_ No workshop estimulam as pessoas a construírem sua própria visão. E vocês? Já tem suas visões sobre a fotografia construída?

Renzo_ Não, estamos sempre buscando.
Gihan_ Também vamos dar uma volta por Paraty.

Veja mais posts de

Não gostei!Gostei! (Nenhum voto registrado.)
Loading ... Loading ...




Leave your response!

Add your comment below, or trackback from your own site. You can also subscribe to these comments via RSS.

Be nice. Keep it clean. Stay on topic. No spam.

You can use these tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

This is a Gravatar-enabled weblog. To get your own globally-recognized-avatar, please register at Gravatar.